Memento mori é uma expressão do Latim que significa algo como “Lembre-se de que você é mortal”“Lembre-se de que você vai morrer”, ou traduzido ao pé-da-letra, “Lembre-se da morte”. Este tipo de pensamento é muito utilizado dentro da literatura, principalmente na literatura barroca, assim como em várias religiões, em especial o Budismo, com o propósito de te puxar para fora da sua auto-imagem, para fora da ilusão de que você é seu veiculo(seu corpo), até mesmo sua mente, e lembra-lo quem ou o que você é, o eterno AGORA(O Poder do Agora), a experiência desse momento em si, esse é você, esse é o seu “eu completo“.

Para sermos quem realmente somos precisamos largar o peso de quem fomos para ter espaço para o que estamos constantemente nos tornando. A continuidade do seu “eu separado” é recriada a cada milissegundo pelo seu cérebro. No tempo que você estava lendo isso, o seu cérebro criou você milhares de vezes, e deixou para trás milhares de fantasmas de “você”. Você não é essas imagens mentais!

“A ideia é permanecer em um estado de constante partida enquanto se está sempre chegando.”
– Frase do filme Waking Life

Este estado é o que Buda chamava de tathāgata, o verdadeiro ser, em tradução livre significa “aquele que se foi” e “aquele que chegou”, significando que está além dos fenômenos da realidade de tempo e espaço.

O “Eu” é um trono mental que alimenta a ilusão de poder, de controle sobre a realidade, e que por consequência gera um peso para o Observador, deixando-o exausto pelo excesso de pensamentos e com tendencias cada vez mais controladoras e obsessivas.
O que identificamos como “eu” é apenas a imaginação de nós mesmos, não tente super proteger a sua máscara(personalidade, aparência, conhecimentos que “possui”).

Apenas pare e observe por um momento seus pensamentos.

Quantos “eus”(vozes mentais) com opiniões diferentes você tem por dia?

Você acha que alguma deles representa a totalidade do que você é?

É importante nos desapegarmos de um “eu” especifico, rígido e imutável, ou perspectivas de vida, ou seja o que for que nos mantem funcionando em apenas um padrão repetitivo…

É preciso estar disposto a perder tudo se quiser ser o mestre de sua própria mente.

Aceitar a derrota – aprender a morrer – é ser liberto da mesma. 
Quando você aceita, você está livre para fluir e harmonizar. Fluidez é o caminho para uma mente serena. Você deve libertar sua mente ambiciosa e aprender a arte de morrer.

Vídeo relacionado ao tema:

A  Disfunção da Vida Após a Morte

Revisão: SR.Black

Compartilhe esse conhecimento com seus amigos(as)…

Artigo anterior#DESPERTE – A Ilusão de Tempo e Espaço [Matrix]
Próximo artigo#ZEN – KUNDALINI
SR Black
Pequena contribuição para todos que estão, como eu, trilhando o caminho de volta para Casa - para dentro de si mesmo. Meu objetivo aqui é compartilhar mensagens que encontro na net, ou que me são enviadas por amigos humanos ou Seres de outras realidades, dimensões ou planos existenciais, que ajudem na compreensão de várias áreas dentro do caminho espiritual. Tambem quero aqui compartilhar ensinamentos e técnicas que utilizo em meu caminho cujo objetivo é atingir a transmutação, alinhamento, harmonia, silêncio, Paz interior (que gera a exterior..), enfim... a união e a comunhão com o Divino. "Segue sempre teu coração; Mentes podem ser convencidas - o coração, não!" (Trecho do Livro "Mensagens dos Mestres - De Coração a Coração") "A Preocupação olha em volta, A Saudade olha para trás, A descrença olha para baixo, A Fé olha para cima, A Esperança olha para a frente e... O EU SOU vive o AGORA!" Muita Luz, Beleza, AMOR, Paz e BOM HUMOR sempre! Projeto Rumo a Nova Humanidade tem como objetivo: Em poucos anos, nosso planeta passará por imensas transformações em todos os níveis existenciais, portanto todos devemos: Promover todos os conceitos fundamentais para a elevação e iluminação do ser Amor, Liberdade, Perdão e Gratidão sobre todas as coisas Acolher, Amparar, Reeducar, Respeitar todos os seres vivos e proteger nosso planeta Orientar a todos através da busca constante do conhecimento Vamos todos juntos nos tornar melhores e livres, avançando sempre rumo a nova humanidade !!!