Os Maias, os astecas e os incas
Diferenças e semelhanças…

Todos eles são, geneticamente falando, descendentes do povo clovis que, proveniente da Sibéria, penetrou na América pelo estreito de behring nos períodos interglaciares (que período em concreto foi o da invasão, ou se houve várias, é objeto ainda de discussão). ).

Eles não se conheciam entre si: nem mesmo astecas e maias.
Não falavam a mesma língua, mas cada um o seu, que sobreviveu até hoje (Nahuatl, maya e quechua – não era o idioma original inca, mas sim era o oficial em seu território).

Dois deles eram “Impérios” no sentido romano da palavra, isto é, supraestados que tinham esmagados a outros de diferentes etnias e línguas: Incas e astecas.

Nem Incas nem maias conheciam a roda. Os Astecas sim, mas não a usavam salvo em brinquedos!
Militarmente falando eles estavam no paleolítico.

Maias e astecas conheciam a escrita; os incas, aparentemente, não (com caracteres escritos sobre uma superfície) apesar de se ter suposto que os quipus o eram.

Todos estavam extremamente avançados no plano urbano: Tenochtitlan e cuzco não tinha nada a invejar, mais bem pelo contrário, às cidades europeias.
O espanto de cortés e seus soldados ao chegar na capital dos asteca em 1519 foi notável.
Incas e astecas eram, por assim dizer, uns recém-Chegados ao cenário histórico:

Os Astecas eram um povo nômade remotamente parente com os toltecas cujo primeiro rei, acamapichtli, começou a governar em 1376 (era cristã).
Suas origens estão na legenda, pois em 1428 Itzcóatl destruiu seus livros de história.

Os Incas, por sua parte, estabeleceram o seu império em data tão tardia quanto 1438 (começo do reinado de pachacutec).

Os Maias, pelo contrário, formaram uma civilização extremamente longevay, na qual é possível diferenciar vários períodos:
• Preclásico: do 2,000 antes de Cristo ao 250 DC.
• Clássico: do 250 ao 950 DC.
• Postclásico: do 950 DC. Ao século XVI

Tanto Incas como astecas, sucumbiram à conquista com rapidez por estarem predispostos para isso (mitos astecas sobre uma próxima destruição, como tinha acontecido a teotihuacan, e lendas incas sobre “o retorno dos homens brancos” que tanta fantasia lhe inspirou a conquista-lo. Thor heyerdahl).
Os Maias, pelo contrário, ficaram muito combativos e puderam permanecer semi-independentes durante boa parte do período colonial espanhol.

Fascinante, você não acha?….

Revisão: SR.Black
Conheça e curta nossa página Rumo a nova humanidade – Avançando sempre

Fonte: @mensaje extraterrestre