Entre elas, está a Huawei, considerada uma “ameaça” pelos EUA

Facebook cedeu dados pessoais de usuários a pelo menos menos quatro empresas chinesas, uma delas na mira das autoridades dos Estados Unidos e considerada uma “ameaça à segurança nacional”.

Esta é mais uma denúncia publicada nesta quarta-feira (6) pelo jornal The New York Times , que nos últimos dias relatou outros casos de compartilhamento de dados entre a rede social de Mark Zuckerberg e fabricantes de aparelhos.

O CEO do Facebook, Marck Zuckerberg
O CEO do Facebook, Marck Zuckerberg

Foto: Leah Millis / Reuters

Segundo o diário, o acordo foi assinado no ano de 2010 com quatro empresas chinesas, como a Huawei, listada pelos serviços de inteligência norte-americanos como uma empresa com potencial de ameaça à segurança, e a Lenovo, a Oppo e a TLC. Os acordos ainda estão em vigor e, segundo o NYT , o Facebook tenta rescindir com a Huawei até o fim da semana.

A nova denúncia vem poucos dias após o mesmo jornal publicar que a empresa mantinha até hoje acordos de 2007 para compartilhamento de dados de usuários com a Amazon, Apple, Blackberry e Samsung. Na época, quando não havia tantos aplicativos, o Facebook fechou parcerias com as fabricantes para incluir a rede social nos aparelhos eletrônicos.

Em resposta, o Facebook disse que a “integração com a Huawei, Lenovo, Oppo e TCL são controladas desde o início”. “Aprovamos as experiências do Facebook que estas empresas criaram. Visto o interesse do Congresso no assunto, queremos esclarecer que todas as informações provenientes destas integrações com Huawei foram arquivadas nos dispositivos, e não nos servidores da Huawei”, defendeu Francisco Varela, diretor de Mobile Partnerships do Facebook.

“O Facebook, junto com muitas outras empresas norte-americanas de tecnologia, trabalhou com diversos fabricantes chineses para integrar os próprios serviços nestes telefones. Huawei é o terceiro fabricante mundial de dispositivos móveis e seus aparelhos são utilizados por pessoas em todo o mundo, inclusive nos Estados Unidos”, disse o executivo.

Por sua vez, a Huawei, em um comunicado oficial, também se defendeu. “Como todos os principais fabricantes e smartphone, Huawei trabalhou junto com o Facebook para permitir o acesso aos seus usuários. Huawei nunca recolheu nem arquivou nenhum dado”, publicou a empresa.

Revisão: Sr.Black

FONTEFonte: Portal Terra
Artigo anterior#PODCAST – 60 – O ancião estelar BEHK-TI e a história secreta da terra
Próximo artigo#DESPERTE – Os protocolos dos sábios de Sião – A matriz holográfica Reptiliana
SR Black
Pequena contribuição para todos que estão, como eu, trilhando o caminho de volta para Casa - para dentro de si mesmo. Meu objetivo aqui é compartilhar mensagens que encontro na net, ou que me são enviadas por amigos humanos ou Seres de outras realidades, dimensões ou planos existenciais, que ajudem na compreensão de várias áreas dentro do caminho espiritual. Tambem quero aqui compartilhar ensinamentos e técnicas que utilizo em meu caminho cujo objetivo é atingir a transmutação, alinhamento, harmonia, silêncio, Paz interior (que gera a exterior..), enfim... a união e a comunhão com o Divino. "Segue sempre teu coração; Mentes podem ser convencidas - o coração, não!" (Trecho do Livro "Mensagens dos Mestres - De Coração a Coração") "A Preocupação olha em volta, A Saudade olha para trás, A descrença olha para baixo, A Fé olha para cima, A Esperança olha para a frente e... O EU SOU vive o AGORA!" Muita Luz, Beleza, AMOR, Paz e BOM HUMOR sempre! Projeto Rumo a Nova Humanidade tem como objetivo: Em poucos anos, nosso planeta passará por imensas transformações em todos os níveis existenciais, portanto todos devemos: Promover todos os conceitos fundamentais para a elevação e iluminação do ser Amor, Liberdade, Perdão e Gratidão sobre todas as coisas Acolher, Amparar, Reeducar, Respeitar todos os seres vivos e proteger nosso planeta Orientar a todos através da busca constante do conhecimento Vamos todos juntos nos tornar melhores e livres, avançando sempre rumo a nova humanidade !!!