Os Reinos do Espírito são dimensões ou planos distinguíveis por diferentes densidades e índices vibratórios.

Das substâncias que eles contêm dentro de nossa atual consciência, existem 12 reinos infinitos.

Vários nomes já foram usados por muitas pessoas para explicar o inexplicável e diferenciar entre essas Regiões de Freqüência.

Os planos não estão acima nem embaixo um do outro, mas interpenetram-se e co-existem no mesmo espaço.

Dentro de cada densidade há uma grande variedade de dimensões, semelhantes a freqüências de rádio, onde você tem o livre arbítrio de escolher a estação ou índice de vibração de sua preferência.

Isso não implica que uma densidade seja melhor que outra.

Isso é fácil de entender se você pensar na água.

A água existe em três estados: líquido, sólido e gasoso (vapor).

A diferença é a taxa, ou índice de vibração, em que as moléculas estão se movendo.

O gelo é a água desacelerada e o vapor é a água acelerada.

E não se pode julgar que o vapor seja melhor que o gelo.

Os dois são simplesmente estados diferentes assumidos pela água.

Dimensões são simplesmente diferentes estados de ser, interligadas através da grade de luz holográfica, pulsando, emitindo incríveis movimentos de som, cor e forma.

Respirando no constante Estado de Criação É útil termos uma imagem do universo criativo e sua estrutura.

Para aqueles que buscam a verdade, quanto mais expandido e estável o modelo, mais claro ele fica.

A ciência oferece cosmologias “factuais”, enquanto as religiões e culturas desenvolvem seus próprios mitos.

Este é o modelo extraterrestre – sua herança/consciência galáctica que apresenta a fonte, criação, dualidade.

Seres de outras dimensões dentro de um contexto dimensional.

Quanto menos densa a dimensão, maiores os paradoxos inerentes.

A 12ª Dimensão – O “Tudo o Que É” e Mais Não é possível visualizar a 12ª Dimensão.

Em numerologia, o número 12 é 1 e 2 juntos. Representa a fusão da Unidade (1) e Dualidade (2). Em termos espirituais, é Tudo o Que É e Não É, e mais alguma coisa.

Nos mundos galácticos, é a fusão de todas as realidades.

No corpo humano é o acesso codificado a essa consciência divina através das 12 faixas de DNA.

Esta dimensão inclui e excede todos os infinitos.

Transcendendo qualquer definição, é sempre mais do que podemos imaginar e, portanto, infinito.

Nada existe que não seja parte do todo.

A 11ª Dimensão – A Semente e o Solo de Universos O Criador original manifesta o “material” para criar universos.

Chamamos esse material de 11a Dimensão, ou seja, 1 + 1 combinados, duas energias distintas em fusão.

São exatamente iguais e, no entanto, diferentes.

Podemos entender uma dimensão como uma entidade, atribuindo-lhe qualidades de um ser vivo para que possamos ter um conceito de como as dimensões funcionam.

Uma dessas entidades é puro yin em essência – o Grande Yin – e a outra é puro yang – o Grande Yang.

O Grande Yin existe em toda parte e sempre – bem como o Grande Yang… até O Tudo o Que É dizer… “Venha Para Casa”.

Ambos são onipresentes, com uma fina membrana separando um do outro.

Dentro dos dois há o potencial para a co-criação de todos os espíritos, formas e universos. Do ponto de vista teológico, o Grande Yin é a Mãe – a Criadora – e o Grande Yang é Deus – Pai – o Criador.

E do ponto de vista científico é o “Buraco Negro”.

A criação de um Universo, O Um Universo, nasce quando uma semente – uma partícula do Grande Yang – atravessa a fina membrana que separa Yin e Yang.

A atração do magnetismo em seu ponto supremo.

A semente se funde com a partícula do Yin, criando um zigote que cresce rapidamente, a princípio.

A ciência chama esse evento de “Big Bang”.

Tecnicamente, porém, não é uma explosão, mas o crescimento rápido de um universo vivo.

Imagine que essa entidade Yin/Yang respira.

A cada fôlego tomado, ela dá a luz a um universo.

O primeiro momento de inalação representa o Big Bang.

À medida que os pulmões da entidade se enchem, o universo expande.

No meio do caminho, quando seus pulmões estão cheios, ocorre uma breve pausa.

As criaturas que vivem no universo ficam em silêncio.

E então começa a exalação, e o universo começa a retornar à fonte.

Após o ciclo de respiração completo, a entidade da 11ª Dimensão repousa por um momento.

Essa entidade, porém, é mais que humana e possui um número inimaginável de pulmões, todos operando simultaneamente, permitindo a existência infindável de universos, todos se espalhando ao mesmo tempo.

A 10ª Dimensão – A Verdade.

O Universo e seus Parâmetros, essa dimensão é uma entidade consciente – um universo. Não é, porém, um universo de forma.

Em numerologia, é a combinação de 1 e 0, representando a união do algo com o nada. Essa dimensão é como a casca externa do universo. Alem dela está o vazio.

Do ponto de vista da 11ª Dimensão, podemos ver bilhões de ovos cósmicos brilhando no nada do vazio.

Dentro das cascas estão outras cascas progressivamente menores, cada uma representando uma dimensão.

O centro sólido de matéria é a 3ª Dimensão.

Os seres da 10ª Dimensão são, essencialmente, as misturas puras do Grande Yin e Grande Yang.

Esse é o campo unificado da consciência, conhecido como o Espírito Santo.

O Cristo é apenas um dos bilhões de seres que compõem essa dimensão/entidade.

Como “DNA cósmico”, o universo contém todo o código do que deverá se desenvolver em sua vida útil, assim como você contém um duplo holográfico dentro de seu corpo físico.

Esse DNA tem aspectos tanto magnéticos quanto ativos.

Em seu estado magnético, é o Plano Divino, O Que Será.

Ativamente.

É a força, a evolução que impulsiona o Plano Divino até a finalização.

Chamamos a percepção na 10ª Dimensão de “Consciência Crística ou Cósmica”.

O Cristo é um ser que projetou Sua consciência em forma humana.

A 10a Dimensão é a Verdade Vida e é a Luz que existe dentro de tudo.

É onde nosso Espírito ganha sua existência.

Daí, podemos projetar nossa consciência em qualquer forma no Universo.

É a energia da Intenção.

E sempre, é o Caminho de Volta para Casa – nossa Consciência Galáctica e do Criador Original

A 9ª Dimensão – A Criação de Forma e Hierarquias

A 9ª dimensão é onde as consciências homogeneizadas da 10a dimensão/freqüência se arranjam em consciência planetária, estelar, galáctica, universal e dimensional.

É a transição da não forma para a forma.

Como entidades da 9ª dimensão, dizemos: “Vou assumir a forma de uma planta”… e o fazemos.

Como consciência planetária/estelar/galáctica nossa forma passa por estágios evolucionários, assim como a forma humana.

Nos planetas tridimensionais existe o que chamamos de “matéria inorgânica”.

Essa matéria age como veículo (corpo) da Consciência Planetária.

Esse corpo gera gravidade, que é na verdade a manifestação tridimensional da força vital da 9ª dimensão.

A Hierarquia é evidente em toda a natureza.

Da humilde folha de grama ao céu noturno forrado de estrelas.

Algumas formas parecem mais espetaculares e vitais que outras, mas, na realidade, estão todas ligadas a uma parte essencial do todo.

É aqui que os Poderes de Ser – nosso aspecto de nove dimensões estabelecem a estrutura hierárquica de comunicação e operação.

Há também uma hierarquia de dependência.

A humanidade precisa da Terra para desenvolver e sobreviver, mas o inverso não acontece.

Do mesmo modo, a Terra depende do Sol para viver, mas o Sol pode viver sem a Terra.

Um padrão que se repete em toda a evolução dimensional.

A 8ª Dimensão – Almas Grupais e Oceanos de Luz

Uma Alma Grupal é uma coleção de entidades que trabalham juntas como UMA unidade.

Imagine que toda célula em seu corpo seja uma entidade consciente.

Há “entidades-células” de fígado, coração, cérebro e sangue.

Cada uma é única e tem uma função, mas estão todas em um corpo.

Isso é semelhante ao funcionamento de uma Alma Grupal.

Na realidade, Almas Grupais são ainda mais integradas que as células de nossos corpos.

Um exemplo melhor seria os pingos de água em um oceano, comunicando-se enquanto compartilham de hologramas reais.

Como Almas Grupais, podemos canalizar em outras formas, em outras dimensões, se soubermos e mantivermos sua vibração específica.

Grupos de oração e cura baseiam-se nessa interação mágica de Almas.

O último avanço em comunicação interdimensional, conhecido como a Ciência do Espírito, é parte dessa consciência.

E uma floresta tropical inteira poderia ser o veículo (corpo) de uma Alma Grupal.

A 7ª Dimensão – Vórtices Vivos

Os seres da 7ª dimensão têm muitas formas.

Alguns aparecem como fitas ondulantes de energia nas cores do arco-íris.

Outros se parecem com teias de uma bela luz radiante.

Quando esses místicos vórtices vivos projetam sua consciência em formas tri ou tetradimensionais, continuam a se mover e ondular.

Sua ondulação, porém, não apenas vertical como os vórtices terrestres, mas horizontal, diagonal e para o passado e o futuro.

“Girar” no espaço-tempo permite a coleta de informação atemporal.

Nesse nível não vivemos em planetas.

Nossa atmosfera é um intenso campo de energia colorida.

Uma de nossas atividades é explorar as outras dimensões, a serviço da Força da Evolução.

A 6ª Dimensão – Geometria Sagrada.

Símbolos e Comunicação Muitas pessoas se referem à sexta dimensão como o plano do Ensinamento.

A intenção dessa dimensão/entidade, porém, não é ensinar, mas fornecer informações e os meios de transmiti-la em várias formas vibracionais.

Toda linguagem, todos os símbolos e modelos começam aqui.

É onde o universo despeja os moldes arquetípicos.

Nesse nível encontramos os códigos astrológicos e genéticos.

Ele também abriga os registros Akáshicos, os arquivos completos sobre tudo e todos.

Essa dimensão intrigante é como um favo de dimensões dentro de dimensões dentro de dimensões.

Você pode passar muitas vidas aqui e nunca conhecer o tédio.

Os habitantes são astutos, espertos e estimulantes.

Este é o plano da Geometria Sagrada.

A 5ª Dimensão – Céu

O Plano de Luz Para a maioria das religiões, a 5ª Dimensão é o reino mais alto que uma alma pode alcançar.

Espiritualmente, desde o início, ela é a última parada descendente na escada dimensional antes de entrarmos nos reinos das limitações.

Reencarnamos aqui como seres estelares andróginos.

Como vivemos em estrelas, temos corpos de luz luminosos.

Essas formas etéreas não precisam de dor, que é o sinal de alerta fornecido pelos corpos físicos.

Por isso, não há sofrimento físico.

Nem sofremos qualquer tipo de separação porque experimentamos constantemente a união do Criador Mãe/Pai.

Baseamos nossas ações inteiramente no amor, nunca no medo, pois o medo não existe neste nível.

Somos incansáveis e vivemos vidas miraculosas.

A imortalidade é um experimental dado.

Muitas vezes, em uma experiência de quase morte, uma pessoa viaja por um longo túnel.

O túnel atravessa a escuridão (a 4ª dimensão) e termina em uma abertura brilhante de luz dourada e branca (a 5ª dimensão).

Esse é o canal de nascimento da alma e a passagem ao céu.

Viajamos pela aplicação da Vontade Divina.

Não precisamos morrer para passar por essa experiência.

A distância mais curta entre dois pontos não é uma linha reta ou curvada.

Na 5ª Dimensão, um indivíduo simplesmente se duplica até o(s) seu(s) destino(s).

Viajamos movendo-nos através da porta no centro da estrela.

Não voamos, pois esse movimento é semelhante ao tele-transporte.

Voar é apenas um meio de transporte viável na 3ª e 4ª dimensões.

Em muitas histórias de Ascensão, a Terra se transforma, junto com seus habitantes, em seu Corpo de Luz pentadimensional.

Esse momento é quando Gaia fisicamente se transforma de um corpo material denso em um de luz.

Uma estrela.

A Terra atual muda e as antigas profecias são guias para esse provável futuro.

Porém, a manifestação pentadimensional de uma estrela não é quente nem flamejante.

É suave.

A 4ª Dimensão –  O Plano Astral

A 4ª dimensão é um plano cinza, polarizado, que abriga as forças da Luz e da Escuridão.

A batalha entre o bem e o mal começa aqui.

As formas podem naturalmente se metamorfosear no Plano Astral.

Uma árvore pode facilmente virar um lobo.

Isso acontece porque a ilusão de bom ou mau se manifesta aqui, e também por causa da extrema mutabilidade da forma, da desconfiança e medo que existem.

Este plano é aquele da Vontade ou do espírito da vida e é a esta dimensão que pertence o “self”, o Ego.

É o ego que usa os corpos físico, astral e mental como ferramentas com as quais alcança seus propósitos.

Quando a mente, o corpo e o espírito estão completamente alinhados com a Vontade Divina e em harmonia e equilíbrio, um com o outro, você é onipotente e conquistou a matéria.

Após um treinamento cuidadoso, é possível deixar o corpo físico sob a tutela de sua teia etérica, e fazer uma viagem dimensional.

Isso é chamado de viagem astral.

Quando você quer retornar, recolhe-se novamente na carapaça externa de carne.

Os xamãs são experientes nessa área, muitas vezes trazendo de volta informações que beneficiam a humanidade.

Se a pessoa não for especialmente treinada e versada, o impacto do contato de volta com as densas vibrações da Terra pode ser tão forte que se rompe o fio da memória da jornada.

Magia, viagem no tempo, karma, reencarnação, sorte, cirurgia psíquica, telepatia, espíritos desencarnados, encantamentos e, claro, viagem astral, todos se originam neste plano.

Os semideuses/deusas de muitas religiões vivem aqui.

O inferno e o purgatório também são locais tetradimensionais.

Incorporando os princípios desse plano, acentuamos a probabilidade da… 3ª Dimensão

 

A 3ª Dimensão – Realidade Física do Ser Consciente

A 3ª Dimensão é onde a energia se coagula em uma massa densa e escura de matéria.

Este é o plano do pensamento e da mente.

O extrato mais denso desse plano contém nossos pensamentos mais materiais e mundanos.

Por causa de nossa codificação/consciência planetária, identificamo-nos com a matéria e, portanto, também nos tornamos densos.

O universo permite a ilusão de Livre Vontade na 3ª e 4ª Dimensões, que nos dá a experiência de agirmos como santos ou demônios, ou algo entre os dois, por livre escolha.

Os seres que acreditam que a 3ª é a única dimensão existente e possível, sofrem da ilusão de separação de seus espíritos e existências fragmentadas desassociadas, onde quando por acaso tem acesso as suas outras existências, considera aquilo apenas como um mero sonho sem sentido.

Os sentidos físicos não detectam o espírito, que está além da forma.

Se não somos Um com o Espírito, então não podemos ser Um com os outros.

Esta dimensão de pensamento tem a habilidade para interpenetrar toda a vida, como um tipo, como um tipo de rio etérico.

Ela não é confinada ao cérebro, que na verdade atua mais como um tipo de rádio, trocando estações para todos os pensamentos que o percorrem.

Nossa habilidade para experimentar a beleza, ainda nessa densidade, mostra-nos que vivemos em um universo de amor.

É por isso que, se pudermos entrar em contato com os extratos do mundo-mente, treinando as partes correspondentes do cérebro, como todos os que buscam já tentaram fazer, obteremos conhecimento inconcebível.

A prática de Visão Remota tenta manusear essa prática holográfica.

Os humanos possuem um corpo composto do material do mundo do Plano Físico: um corpo contendo elementos químicos em estados líquidos, sólidos e gasosos.

Esse corpo é interpenetrado por outro, conhecido como o Corpo Etérico, correspondente a ele.

O corpo etérico constitui uma fina teia através da qual as forças de vida eletromagnéticas alimentam o corpo físico, vindo do universo exterior.

A combinação desses dois corpos contém o conhecimento consciente das 12 dimensões.

A vida do holograma sagrado no MUNDO MATERIAL.

A 2ª Dimensão – O Reino Vegetal e Animal

A 2ª Dimensão é simplesmente um outro passo que a Sagrada Consciência dá em seu índice de vibração e intento.

Este é o plano das plantas, árvores, animais e insetos.

Devemos nos lembrar de que tudo está vivo e tem uma inteligência que fala de todas as partes da existência.

Foi a forma humana que se desligou das 12 faixas de DNA e sofre de amnésia quando chega a esse grau de comunicação.

Os animais são muito mais brilhantes e espertos que os humanos.

Eles sabem que não terminam quando morrem.

Todos os que vivem na 2a dimensão nos foram dados como companheiros e irmãos neste planeta e para semear a Terra com vibrações estelares.

Cabe a nós ter a consciência/discernimento espiritual,  entre comê-los ou não.

As plantas e os animais não se importam de serem comidos, se acrescentarem à nossa qualidade de vida e à deles.

Eles possuem um senso intuitivo que os permite compreender seus papéis uns com os outros.

Foram designados para ocupar este espaço chamado Terra para ensinar, mostrar e compartilhar o caminho conosco, mesmo sem dizer uma unica palavra humana.

Esta faceta da Criação raramente foi entendida, e dá clareza ao ditado:

“Você é o que você come!”.

As formas deste plano são uma criação biogenética baseada nos genes que foram coletados de vários sistemas solares para ter um elo genético com a Terra e, portanto, a capacidade de ver e transmitir para o mundo.

Alguns dos animais são usados como transmissores, como os golfinhos e as baleias.

Quando você se aproxima de uma planta ou de um animal, eles sabem se está vindo em paz ou agressão.

Quando você permitir que essas formas se sentem em igualdade com você, então já estará pronto para sentar-se no Conselho nos Planos Superiores de existência.

A 1ª Dimensão – Átomos e Moléculas – O Mundo Mineral

A 1ª Dimensão é a mais baixa em termos de índice vibratório.

Na Terra nós a conhecemos como os átomos, as moléculas e os minerais.

Uma rocha pode estar se movendo mais lentamente do que estamos acostumados, mas também tem um tempo de vida mais longo e, por isso, não tem pressa!

A Terra é viva e possui o conhecimento que você busca; e a sua consciência afeta o que a Terra revela.

Onde estão as chaves para libertá-la e torná-la sua?

A informação está guardada em pedras e ossos.

A humanidade é codificada e, conforme você se desenvolve, segue um padrão de conhecimento oculto em seu interior.

Os Antigos sabiam como preparar a pedra para armazenar conhecimento.

Os construtores de templos usavam geomancia natural e fluxo de energia de um local para guardar a informação total que conheciam: pedras são os ossos da Mãe Terra.

Quando você visita antigos sítios sagrados, experimenta fórmulas para uma consciência mais elevada.

Freqüente descobre o que deixou lá milhares de anos atrás.

Visitando esses locais, o seu corpo é exposto a essas energias e acessa o código para evoluir.

A Terra lê você enquanto você vive e respira Nela e Ela conhece o estágio de seu desenvolvimento e sua habilidade para aceitar responsabilidades.

Não há como tapear nossa Mãe Terra!

A Terra é um lugar excepcionalmente vital e Ela está revelando Sua própria essência a você; e você é capaz de perceber as chaves e se redefinir.

Quando você se infunde de energia e renúncia e trabalha com intenção nas densidades mais baixas, literalmente envia relâmpagos de grande mudança por todo o globo.

Eu sou, O Arauto dos Intervenientes.

Em breve versão em video no canal do Arauto dos Intervenientes, inscreva-se

CLIQUE AQUI

Saiba mais em:

Revisão: SR.Black

Compartilhe esse conhecimento com seus amigos(as)…

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Entre com seu nome