Nossas mentes estão sendo manipuladas.

Manipuladas constantemente pelos grandes meios de comunicação de massas e pelas indústrias do entretenimento, que se encarregam principalmente de moldar a nossa fantasia.

Modelam a sua vontade, a nossa imaginação, os nossos desejos, os nossos sonhos e toda a realidade ao nosso redor.

Mas, se bem que isso parece cada vez mais evidente para um maior número de pessoas, parece que muito poucos tomam consciência de outro tipo de manipulação mental de extrema importância, que são produzidos com especial intensidade justo nestes momentos de crise do sistema.

Trata-se de um tipo de manipulação sútil e extremamente hábil, orientada não a uma imensa maioria da população, pois essa ja está adormecida e controlada o suficiente, mas sim a uma seleta minoria: aqueles que pretendem ver além do véu.

Aqueles que querem ver o que há do outro lado do muro desta realidade e estão dispostos a escalar o mesmo, custe o que custar

Para estes corajosos foi construída e decorada uma bela fantasia, com o objetivo de que quando tirarem o nariz acima do muro, continuem sem observar a autêntica realidade e vejam somente outra incrível ficção, criada precisamente, pelos mesmos que levantaram esse muro original.

Para esta minoria, foram concebidas manipulações que não encontramos representadas na televisão de massas, mas na rede de redes, na internet, atraves de suas redes sociais, blogs, canais de videos, fóruns e toda fonte de informações que podem ser vistas, lidas ou ouvidas.

Autênticas obras primas de Engenharia de script, fantasiosos artefatos narrativos e argumentos habilmente criados com a única intenção de confundir e desorientar aqueles que pretendem encontrar a tal verdade que nos escondem os meios de propaganda oficiais, os governos, as agencias espaciais e todas as sociedades secretas.

Trata-se de contudo de realidades alternativas fantasiosas e irreais que escondem em suas entranhas pedaços de verdades parciais que as legitimam, ou bem certezas aparentemente incontestáveis, infectadas com o vírus da mais maliciosa e absurda falsidade e manipulação.

Esta é a triste realidade que inunda a internet nestes momentos, a legião dos iludidos do falso despertar, a geração copia e cola.

Já não podemos confiar na veracidade de nada nem de ninguém.

Só na perspicácia do nosso próprio critério individual e bom senso, como única luz e guia do nosso trânsito para a verdade.

E é que todos aqueles que pretendem encontrar a tal verdade, todos aqueles que de forma pejorativa se auto qualifica de conspiracionistas ou “conspiranoicos”, também estão sendo manipulados.

Neste momento, a rede está cheia de suposta informação secreta.

De presumíveis verdades escondidas que começam a sair à luz, revelações bombasticas de tudo que está sendo escondido do povo.

E curiosamente, e apesar de que ninguém sabe exatamente de onde saiu toda essa informação, todos nós temos acesso a ela facilmente.

Com uma facilidade extremamente suspeita, diga-se de passagem.

É assim que todo mundo começa a falar de conspirações ovni, crop circles, profecias maias, harps, reptilianos, confederações galácticas, chemtrails, bluebeams, Illuminati, programa espacial secreto, Nibiru ou P7X, maçonaria e sociedades do dragão branco, só para colocar apenas alguns exemplos de entre tantos e tantas centenas de teorias, que infectam a rede e as mentes atualmente.

Todas elas têm uma parte de veracidade e uma parte de engano, tão indistinguíveis entre si que é impossível deduzir onde começa a fantasia e onde a realidade.

É necessário analisar quais são as características principais dessas teorias que inundam a internet, a fim de tentar deduzir quais são os seus mecanismos de funcionamento.

Uma das características mais notáveis destas teorias é o seu carácter quase cinematográfico.

Todas elas estão carregadas de mistério e emoção, de obscuros segredos, fantasia e certas pitadas de aventura em que podemos nos ver imersos a qualquer momento.

Em todas elas encontramos sempre um certo tom épico, de luta entre o bem e o mal absolutos, ao mais puro estilo do entretenimento de Hollywood.
E para lhes dar corpo e profundidade, vêm sempre acompanhadas de montanhas de informações a respeito, credível, bem estruturada e com multidão de personagens e cenários, informantes secretos, planos de revelação ou sobrevivência da humanidade.

Trata-se de autênticos projetos de manipulação transmídia, em que às vezes até parece uma obra prima na mão de um roteirista profissional.

Também encontraremos nelas elementos de puro marketing publicitário.

Ou será que por acaso o olho no auge da pirâmide não parece um conceito criado por um publicitário?

Ele praticamente tornou-se uma imagem corporativa, ao mais puro estilo de um logotipo de marca comercial.

Na verdade, para muitas pessoas tornou-se uma  “Imagem Corporativa do mal”, associada além de um nome facilmente memorável e reprodutível: os iluminati, uma sociedade secreta desaparecida aparentemente há mais de 200 anos e que por isso tanto pode ser utilizado à vontade do roteirista como um espectro ameaçador que atravesse de qualquer canto.

Meu interesse neste artigo não é discutir sobre a veracidade ou não das teorias conspiratórias, mas que apenas analisem e pensem por si, e não pelas opinioes do seu grupo, as características narrativas e publicitárias com as quais são apresentadas.

Pois a verdade é que se trata de teorias com nomes e logos facilmente lembrados e identificáveis, como os de qualquer marca comercial que se preze.

Algo que deve ser bastante suspeito quando falamos de sociedades ultra secretas que pretendem apoderar-se do mundo, pois se são secretas, como todos podem saber delas e de seus planos ?

E é por conhecermos publicamente o atraente nome de alguns dos organismos de controle utilizados: Clube de Roma, clube bilderberg, council of foreign relations, Bohemian Club, caveira e ossos…

Não se trata precisamente de instituições secretas cuja existência se possa duvidar, mas sim da total falta de bom senso dos tais “despertos conspiracionistas”, que com muito achismo e pitadas da propria insanidade, espalham tantas e tantas teorias do copia e cola pela rede, sem nenhuma responsabilidade por tantos danos ou caos que são criados aos incautos adormecidos.

Essas tais sociedades secretas reúnem-se diante dos nossos narizes e riem-se literalmente nas nossas caras, como fazem com as frequentes reuniões do clube bilderberg.
E todos devemos nos questionar por que razão estas elites, foco central da maioria dessas teorias conspiratórias, atuam com tanta ousadia e cinismo.

Sem apenas se esconder. E a resposta não pode ser mais clara.

Porque o mais triste nestes momentos é que as teorias da conspiração e o pensamento alternativo se tornaram, por muito que nos pese, em um produto de consumo mais, completamente digerido e assimilado pela implacável máquinas do sistema, como o é qualquer Entretenimento televisivo, cinematográfico ou literário.

Assim, qualquer denúncia, notícia ou reflexão que seja publicada, por dura e demolidora que possa parecer, é consumida e esquecida em algumas horas, como se fosse um jogo de futebol ou a notícia sobre um furacão devastador na outra ponta do mundo.

Assim, chegadas a este estado mental da população, os conspiradores, mesmo que só o sejam supostamente, não têm nenhuma necessidade de se esconder, pois inconscientemente são percebidos pela cidadania como personagens de uma ficção cinematográfica, apesar de seus argumentos serem muito Reais e tangíveis, pois no meio de tanto sensacionalismo barato, manipulação de informações, copia e cola, as verdades passam despercebidas ou são ridicularizadas como tantas outras bobagens ja tão publicadas e exploradas.

Mas a verdade é que a maioria de pessoas que dão fôlego e divulgação a estas informações e teorias conspiratórias, fazem-no de coração, convencidas de que lutam pela verdade e pela justiça.

Esta sociedade transforma a vida humana em uma cadeia perpétua de convenções sociais sem sentido nem substância, onde todos somos programados para formar famílias, produzir, consumir e pagar boletos e alugueis até o dia da nossa morte, em que somos retirados da cadeia de produção como peças Inúteis.

Esse vazio existencial ao qual nos enraiza no sistema, desperta em muitas pessoas a necessidade de procurar um sentido novo para a sua vida, uma revolta existencial.

A necessidade de encontrar uma missão transcendente para cumprir, se sentirem importantes, um rosto de destaque na multidão de manipulados, deixar de ser uma simples engrenagem qualquer, e virar uma peça essencial para todo o contexto.

E é aproveitando esta necessidade, muitas vezes desesperada e inresponsavel, que estas teorias, por muito loucas que sejam, conseguem infiltrar-se na mente dos indivíduos mais inteligentes e ditos despertos.

Surge a necessidade de fugir da programação mental do sistema, da escravidão dessa vida programada e pré-fabricada pela sociedade que nos oprime a todos como indivíduos.

Uma vez cruzado esse limiar psicológico da descoberta do segredo e o oculto, entram em um jogo de orgulho e a vaidade, esses vermes que todos temos no nosso interior e que jamais descansam.

Porque uma vez que temos escalado o muro e nos colocamos do outro lado, é quando observamos a vista para trás e vemos aos nossos pés a massa submissa e cega, que como um rebanho segue o caminho que lhe foi proferido.

E então é que muitos começam a se sentir superiores aos outros e se qualificam de “Despertos”, ou ” Contactados Espiritualizados ” dentro do gênero superior humano, quase como se fossem os líderes de um novo mundo, portadores das resposta a  todos os segredos.

E é aqui, mesmo neste momento, quando ele cai definitivamente na armadilha do proximo nivel, com uma chave ainda mais escondida para ser encontrada, mas que ao mesmo tempo, está diante dos seus olhos.

O momento em que nos tornamos seres facilmente manipuláveis pela ilusão, através de nossos egos e dualidade, da busca pela fama e reconhecimento das massas, da falsa liberdade e da eliminação de nossas frustrações em nossa vida anterior dentro do gado.

Esse orgulho inutil nos impedirá de aceitar e ver claramente que, apesar de termos escalado o muro, fomos enganados e só estamos a ver outro nível da prisão, outra realidade decorada e fantasiosa, baseada naquilo que NóS gostaríamos de ver e viver.

Neste novo nivel, existem mecanismos sútis que jogam com o nosso ego, com o nosso orgulho e com a nossa soberba, jogos e mais jogos de dualidade e necessidade de julgamentos em vários níveis.

Pura vaidade.

Um demônio tão antigo como a nossa mente e tão eficaz como sempre foi.

Desta vez ao serviço da mentira, ilusão, predação e da manipulação de todos ao redor.

O objetivo é fazer  aqueles que acreditam nas teorias de conspiração e que as divulgam, os que escalaram o muro, com o tempo e por causa de seus egos e vaidades, serem considerados loucos paranóicos, se perderem em tantas fantasias auto criadas e contradições, a ponto que não sabem mais o que dizem, pois a ilusão aumenta cada vez mais e a necessidade de se manterem em destaque, no topo da piramide da fama, os fazem acreditar ainda mais nas proprias fantasias, mentiras e contudo, colaboram como guardas da prisão, com o fim de impedir que mais ninguém tente subir pelo muro, e acima de tudo, que aqueles que o fizeram antes, desçam dele decepcionados, deprimidos, vazios, confusos e humilhados, para que nunca mais voltem a tentar.

Aqueles que querem ver além do véu estão presos entre, por um lado, a tal “versão oficial” dos grandes meios de comunicação de massas, com seus servidores calamitosos e manipuladores da verdade e pelo outro, por um enxame de teorias inventadas, cheias de achismos e fantásticas viagens na maionese, criadas e controladas por Não se sabe quem e desde não se sabe onde.

Teorias promovidas por um nutrido grupo de desinformadores profissionais e apoiadas por uma autêntica legião de desinformadores involuntários do copia e cola, que colaboram na expansão pela rede dessas teorias fundamentadas em mentiras.

O Fato é que estamos imersos na Terceira Grande Guerra mundial, mas sem bombas, sem explosões, uma guerra ainda mais devastadora e ofensiva a nível psíquico de toda humanidade.

A maioria da população se mantém Adormecida, anestesiada e dominada através dos meios de comunicação em massa.

E as pessoas que procuram respostas alternativas, encontram verdades manipuladas, através do caos informativo inerente à própria internet.

A informação a favor da contra informação.

Qual seria então o caminho, a saida, o segredo sobre tudo isso ?

Pois talvez não devêssemos perder tanto tempo a tentar escalar o muro para ver o que há do outro lado.

Talvez devêssemos concentrar todas as nossas energias em derrubá-lo até que não fique pedra sobre pedra, até que fique reduzido a pó e com isso, tornar amplo e claro todos os próximos níveis desta prisão a serem superados, mas desta vez, não mais sozinho, mais sim em conjunto com toda a humanidade.

Pense nisso, será que você está mesmo DESPERTO ou apenas mais um iludido em estar DESPERTO, preso em outro nível da prisão ?

Despertar para quem você é, requer o desapego de quem você imagina ser…

Sr.Black

Compartilhe este conhecimento com seus amigos(as)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Entre com seu nome